Harmonização facial: uma tendência para a odontologia

Nos últimos tempos, muito se tem ouvido falar sobre a harmonização facial. O tratamento ficou popular após muitos cantores, atores e outros artistas famosos aderirem à essa tendência, apresentando bons resultados.

Para os profissionais da odontologia cosmética, essa pode ser uma boa oportunidade para potencializar os lucros. Isso porque os cirurgiões dentistas são habilitados e têm a liberação do Conselho Federal de Odontologia (CFO) para realizar esse tipo de tratamento.

Quer saber mais sobre a harmonização facial e como oferecê-la em sua clínica? Então é só seguir a leitura!

Afinal, o que é a harmonização facial?

A harmonização facial pode ser definida como um conjunto de procedimentos estéticos realizados pelo dentista, para que os pacientes tenham um equilíbrio da face, ficando assim com uma melhor aparência.

Essa técnica também pode ser utilizada para corrigir procedimentos estéticos malsucedidos ou que foram feitos há muito tempo pelos pacientes. É o caso da cantora Gretchen, que já havia feito várias plásticas e intervenções no rosto, perdendo as suas linhas de expressão.

harmonização facial
Imagem: reprodução Instagram

 

Ela se submeteu a um tratamento de harmonização facial com um cirurgião dentista, como mostra uma reportagem do portal UOL. O resultado é perceptível pelas fotos do antes e depois, que mostram como a cantora ficou com uma aparência mais saudável e com o rosto totalmente harmônico.

Fazem parte do processo de harmonização facial, os seguintes procedimentos:

  • preenchimento facial para dar volume e contorno;
  • aplicação de biomateriais indutores de colágeno;
  • preenchimento de linhas de marionete;
  • aplicação de lentes de contato dental;
  • preenchimento do sulco naso-geniano;
  • preenchimento do sulco naso-labial;
  • redução enzimática de papada;
  • preenchimento de mandíbula;
  • preenchimento de olheiras;
  • fios de sustentação facial;
  • preenchimento de mento;
  • preenchimento de malar;
  • preenchimento labial;
  • implantes dentários;
  • clareamento dental;
  • lipoplastia facial;
  • laserterapia; e
  • lip lift.

Qual é a especialização necessária para fazer harmonização facial nos pacientes?

A legislação que permite ao dentista fazer o tratamento de harmonização facial nos pacientes é a Resolução CFO 198/2019. A normativa exige que, para prestar esse serviço, o cirurgião dentista precisa comprovar que fez cursos de especialização na área.

O documento também explica que os cursos de especialização em harmonização facial devem ser reconhecidos pelo Ministério da Educação (MEC) e conter determinadas disciplinas em sua grade curricular.

O CFO também permite que cirurgiões-dentistas que são especialistas em bucomaxilofacial façam a harmonização facial em seus pacientes, desde que comprovem, no mínimo, cinco anos de experiência nessa área.

Que benefícios a harmonização facial traz para os pacientes?

Para conquistar mais pacientes que desejam fazer a harmonização facial, o dentista precisa saber informá-los sobre os benefícios que a prática proporciona. Veja, a seguir, alguns dos principais deles!

Conquista da simetria do rosto

A harmonização facial, como o próprio nome já diz, promete deixar o rosto mais harmônico e equilibrado. 

Isso acontece porque as linhas de expressão e problemas estéticos, em geral, são corrigidos.

Melhora da autoestima

Quando estiverem com um rosto mais harmônico e um belo sorriso, as pessoas ficarão com uma autoestima elevada. Os resultados do tratamento são praticamente imediatos e o paciente sairá do consultório com mudanças perceptíveis, já na primeira sessão.

O tratamento corrige imperfeições, deixa o rosto mais alinhado, os lábios firmes e corrige as linhas de expressão, que vão se formando com o passar do tempo.

Redução dos sinais de envelhecimento

A harmonização facial reduz os sinais de envelhecimento no rosto, como as rugas. Isso faz com que a jovialidade seja recuperada, até mesmo em pacientes com idade um pouco mais avançada.

Tudo isso feito apenas com correções e preenchimentos, sem a necessidade do paciente se submeter a nenhuma cirurgia plástica.

Procedimento pouco invasivo

Uma das principais vantagens da harmonização facial, para os pacientes, é o fato do procedimento ser pouco invasivo. Não é preciso recorrer ao uso dos temidos bisturis utilizados pelos cirurgiões-plásticos.

Além disso, tudo é feito no próprio consultório do dentista, sem ser necessário ficar internado em um hospital. A recuperação também é rápida e o paciente pode retomar às suas atividades no mesmo dia, tendo apenas alguns cuidados simples nos primeiros dias após o procedimento.

Como uma empresa de laudos a distância pode contribuir com o sucesso nesse segmento?

Antes do paciente se submeter a um procedimento de harmonização facial, é recomendado que sejam realizados alguns exames laboratoriais e de imagem. A ideia é saber se tudo está bem com a saúde do indivíduo, antes dele iniciar o processo que tornará o rosto mais simétrico.

O dentista também pode usar os exames de imagem para conhecer melhor as características e o formato do rosto do paciente, bem como da arcada dentária. Assim, poderá diagnosticar e ver quais são as intervenções que devem ser feitas em cada caso, para que os resultados sejam mais efetivos.

As empresas que fazem a elaboração de laudos a distância podem ajudar nesse sentido. Isso porque, com o serviço de telerradiologia, é possível economizar e ter bem mais agilidade do que contratar radiologistas para atuarem na clínica ou consultório. 

Além de lucrar mais, você proporcionará mais rapidez no tratamento dos pacientes, tendo em vista que os laudos começam a ser elaborados assim que você envia as imagens, por meio de um moderno sistema de gestão.

E então, o que achou da ideia de oferecer os serviços de harmonização facial em seu consultório odontológico? Para isso, basta ter a formação exigida pelo CFO e fazer parcerias estratégicas para ter resultados mais positivos. 

Gostou deste artigo? Então compartilhe em suas redes sociais, para que os seus colegas dentistas também saibam que eles podem fazer harmonização facial em seus consultórios.

Leia também

Deixe uma resposta