Laudos em raio-x: entenda por que é obrigatório

Você sabia que oferecer laudos em raio-x é obrigatório para as clínicas? Isso mesmo! Sempre que um paciente for submetido a esse tipo de exame, além das imagens registradas, é preciso fornecer um descritivo com o que é visto nelas e a conclusão a que o radiologista chegou.

Os laudos em raio-x funcionam como um documento e servem para que os médicos ou dentistas tenham uma visão mais ampla sobre o caso de cada paciente que estão atendendo.

Apesar dessa exigência, muitos profissionais da área ainda apresentam dúvidas sobre o assunto. Pensando em esclarecê-las, desenvolvemos este artigo. Continue a leitura e entenda o porquê de os laudos em raio-x serem obrigatórios, quem pode elaborar esses documentos, entre outros questionamentos relacionados. Acompanhe!

Qual é a legislação que regulamenta os laudos em raio-x?

Os laudos em raio-x são obrigatórios e quem faz essa exigência é o Conselho Federal de Medicina (CFM), por meio da Resolução CFM nº 813/1977.

Essa legislação, sancionada ainda no ano de 1977 pelo então presidente do CFM, Murillo Bastos Belchior, determina que “[…] os resultados das análises e pesquisas clínicas na área de Patologia Clínica, Citologia, Anatonomia Patológica, Imuno-Hematologia, Radiologia, Radio-Isotopologia, Hemoterapia e Fisioterapia sejam fornecidos sob a forma de laudos médicos firmado pelo médico responsável pela sua execução”.

Como os exames de raio-x fazem parte da radiologia, citada na legislação, conclui-se que esse tipo de análise deve conter um laudo detalhado, que deve ser entregue ao paciente.

Quem pode laudar exames de raio-x?

laudo em raio-x

Os laudos radiográficos devem ser feitos sempre por especialistas na área do corpo que foi examinado. Tal regulamentação é feita pela Portaria SVS/MS nº 453, de 1 de junho de 1998.

Segundo essa portaria, “para cada setor de radiologia diagnóstica ou intervencionista desenvolvida no estabelecimento, o titular deve designar um médico, ou um odontólogo, em se tratamento de radiologia odontológica, para responder pelos procedimentos”.

Desse modo, quando é um dentista que solicita uma panorâmica oral, por exemplo, os laudos em raio-x devem ser redigidos e assinados por um radiologista especialista nessa área.

Isso se justifica porque somente um dentista têm conhecido técnico específico para fazer uma avaliação criteriosa sobre os dentes de um paciente. Por mais que um médico tenha esse conhecimento de forma básica, essa não é a sua especialidade.

Que opções as clínicas têm para prestar esse serviço?

Os laudos em raio-x são muito importantes na odontologia, pois servem para que o dentista possa analisar a presença ou não de cáries mais profundas, ramificações, canais danificados etc.

Por isso, é sempre necessário contar com o suporte necessário para que esse tipo de exame seja realizado com o máximo de qualidade possível no estabelecimento.

Nesse caso, existem dois meios para isso: contratar radiologistas próprios ou terceirizar o trabalho. Veja as diferenças!

Contratação de radiologistas próprios

Nesse caso, a clínica odontológica deve contratar os radiologistas para atuarem no local e realizarem os laudos em raio-x dos pacientes.

Portanto, será de responsabilidade do gestor da clínica pagar salários, encargos trabalhistas e outros benefícios. Além disso, é preciso se precaver para não ficar descoberto do serviço quando o profissional tirar férias ou precisar se ausentar por qualquer motivo.

Terceirização com clínicas de laudos a distância

Também é possível que o dentista contrate uma clínica especialista em laudos a distância. Assim, o trabalho pode ser terceirizado e feito sob demanda, com os exames sendo laudados por profissionais capacitados e especialistas na área.

As imagens dos exames e também os laudos são enviados via internet, por um moderno sistema de telemedicina. Essa prática é moderna é econômica, uma vez que os proprietários das clínicas não pagam uma mensalidade, mas sim um valor específico por raio-x laudado.

Quais são os principais aspectos importantes dos laudos em raio-x?

Existem alguns aspectos importantes que precisam ser levados em consideração pelas clínicas odontológicas. Na sequência, listamos os principais deles.

Privacidade dos pacientes examinados

É preciso garantir que os laudos em raio-x garantam privacidade para os pacientes. As suas informações pessoais que acompanham o exame, bem como as imagens enviadas pelo sistema de telemedicina não devem ser visualizadas por ninguém que não seja o responsável pela elaboração do documento descritivo.

Para garantir que isso seja cumprido, é necessário verificar se o sistema utilizado pela clínica contratada é criptografado, por exemplo.

Qualificação profissional do radiologista

De acordo com a regulamentação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), além de formação em odontologia, os profissionais que elaboram os laudos em raio-x odontológicos devem ter certificação de qualificação para a prática.

Armazenagem dos exames

É preciso garantir que as imagens e os laudos em raio-x sejam armazenados no prontuário dos pacientes de clínicas odontológicas. Isso é extremamente relevante para o caso de pessoas que estão fazendo tratamentos para correção de posicionamento dos dentes com aparelho, por exemplo.

Afinal, é com base nos exames antigos que o dentista pode acompanhar a evolução do tratamento e propor alterações, caso seja necessário.

Saúde e bem-estar do paciente

O exame de raio-x é indolor, porém é preciso se cercar de uma série de cuidados com a saúde e bem-estar do paciente ao aplicá-lo. É preciso usar protetores, como coletes de chumbo, para evitar que a radiação incida sobre partes do corpo que não serão analisadas. Já as mulheres grávidas, somente devem fazer exames de raio-x em casos extremamente necessários, pois a radiação pode acabar prejudicando a saúde do bebê.

Essas precauções com a saúde dos pacientes pode constar em uma espécie de manual de boas práticas, que quando disponibilizado ao paciente passa a transparência da clínica ou consultório.

Agora você entende que os laudos em raio-x são obrigatórios e que a sua clínica precisa se preocupar em sempre oferecer o melhor para os seus clientes. Somente assim, prestando um serviço de qualidade, você fidelizará o seu público.

Ficou com alguma dúvida sobre o assunto? Então deixe um comentário no espaço abaixo! Responderemos o mais breve possível!

Leia também

Este post tem 17 comentários

  1. Ruan

    Boa noite, se uma clinica se recusar a dar laudo por nao ter radiologista apos fazer o exame de radiografia, como eu devo proceder nessa situaçao?
    .

    1. brlaudos

      Ruan, deixar de emitir laudo constitui em uma infração ética prevista no código ética da Odontologia em seu artigo 18 inciso VI.

      Nesse caso deve tomar todas as medidas possíveis para ter seu laudo.

  2. Priscila

    Bom dia realizei um exame de ex tornozelo a clínica pode recusar emitir o laudo?
    A clínica argumenta que o pedido do exame não pedia laudo o que devo fazer?Eles falaram que pra ter o laudo tenho que realizar o exame de novo que é lei

    1. brlaudos

      Oi Priscila, nós trabalhamos com o segmento odontológico, por isso não sabemos dizer com precisão sobre a obrigação da emissão dos laudos médicos.
      Na odontologia o laudo é obrigatório.
      Dei uma breve pesquisada aqui e apareceu isso “A emissão de um laudo de um exame de diagnóstico por imagem é obrigatória (Resolução CFM 813/1977).”
      Sendo assim, aconselho a ir atrás dos seus direitos.

      Obrigado e Boa sorte!

  3. Gostei do assunto de sua divulgação, gostaria de ver se é pertinente para meu site.

    Sds.

  4. 17 de agosto

    Boa tarde!
    Fiz um raio x através de uma clínica odontológica que saiu mais barato,nao quero fazer o tratamento la pois o preço ficou muitíssimo alto,quero saber se tenho direito a esse raio x?

    1. brlaudos

      Olá,
      O exame pertence a você, sendo assim deve solicita-lo e escolher a clínica de sua preferencia.

  5. fui fazer um orçamento em uma clinica dentaria, que possue rx…pediram para eu fazer. pelo qual paguei $ 80,00 reais,,,o tratamento ficaria muito acima do meu orçamento, nao dei continuidade ao tratamento, tenho direito de pedir o RX, para que eu nao tenha que fazer e pagar novamente em outra consulta de orçamento em outra
    clinica::::??????????/

    1. brlaudos

      O exame é seu, independente se de onde realizou.

  6. 05/06/21

    Fiz uma panorâmica numa clínica particular e só me deram a imagem num envelope, não de deram laudo nenhum af!

  7. Juliana

    Boa tarde !
    Fiz um raio x panorâmico da minha boco, entretanto a clínica me disse que não imprime o exame, e que ele é enviado por e-mail. Como vou realizar o tratamento com diferentes especialistas da área de odontologia, preciso do documento físico. Gostaria de saber se tenho esse direito. Desde já obrigado !

    1. brlaudos

      Juliana,
      Você pode passar os seus exames digitais para outros dentista, não temos mais a necessidade de ter o arquivo físico hoje em dia.

Deixe um comentário