O panorama da radiologia odontológica no Brasil

Buscar por novos conhecimentos sobre a radiologia odontológica no Brasil é um grande diferencial para quem trabalha nessa área. Assim, podem ser identificadas novas tendências, oportunidades de mercado e meios para atender bem aos pacientes.

Neste artigo, vamos trazer um panorama da radiologia odontológica no Brasil. O levantamento foi feito por pesquisadores da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Eles desenvolveram um estudo bem aprofundado e alcançaram resultados interessantes. Confira, a seguir!

Entenda o que levou os pesquisadores a fazerem um panorama da radiologia no Brasil

Ronaldo Lira Júnior, Yuri Wanderley Cavalcanti, Leopoldina de Fátima Dantas de Almeida e Marcelo Augusto Oliveira de Sales são os pesquisadores da UFPB que desenvolveram o panorama da radiologia odontológica no Brasil.

O estudo, que foi publicado na Revista Cubana de Estomatología, visa estabelecer o atual cenário da radiologia odontológica no Brasil, pautando-se em aspectos como a disponibilidade de aparelhos e a produção ambulatorial de radiografias.

Os pesquisadores levaram em consideração que, para a construção de diagnóstico em odontologia, é necessário um conjunto de avaliações clínicas, radiológicas e laboratoriais.

Dessa maneira, a radiologia se constitui de uma parte que geralmente é sempre realizada na clínica odontológica. É o dentista que identifica situações em que não consegue fazer um diagnóstico a olho nu e solicita a coleta de imagens para verificar o que está acontecendo.

Um dos pontos que os pesquisadores levantaram, inclusive, mostra que um grande número de dentistas solicita exames de imagem durante a primeira consulta odontológica, em associação com outros testes clínicos.

Veja quais foram os métodos utilizados

Para criar o panorama da radiologia odontológica no Brasil, os pesquisadores desenvolveram um estudo ecológico, utilizando dados provenientes das bases eletrônicas mantidas pelo Ministério da Saúde.

Os dados coletados por meio do Departamento de Informática do SUS – Datasus, foram os seguintes:

  • o número e a distribuição de aparelhos de raios-x odontológicos (ARXO) existentes, classificando-os como pertencentes à rede pública ou privada;
  • a produção ambulatorial de radiografias, como periapicais e interproximais, oclusais e panorâmicas;
  • a população total e a população coberta na Atenção Básica.

Vale lembrar que todos os estabelecimentos de saúde brasileiros precisam ter registro no Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES). Foi com base nesses dados que se pode saber quais locais analisados são públicos e quais são clínicas privadas.

Confira os resultados que foram alcançados na pesquisa

O estudo acerca do panorama da radiologia odontológica no Brasil levantou diversos pontos interessantes. Observe, a seguir, os principais deles:

  • o Brasil tem 34.066 aparelhos de raios-x odontológicos em uso;
  • 83,8% desses aparelhos pertencem à clínicas ou consultórios particulares;
  • a região sudeste é a que concentra mais aparelhos, somando 50,5% do total;
  • o Brasil tem 5. 6209 pessoas por aparelho, sendo a maior concentração, 13. 4852 pessoas por aparelho, encontrada na região norte;
  • o número de exames radiológicos realizados no Brasil está abaixo de outros países, como a Espanha.

Esses dados são úteis, uma vez que mostra áreas que são menos assistidas pelas clínicas odontológicas, por exemplo. Essa informação é interessante para os dentistas que têm o desejo de empreender em áreas onde há menos profissionais.

Os pesquisadores concluem o estudo dizendo que novos levantamentos e investigações precisam ser feitos. Eles afirmam que, após a realização do panorama da radiologia odontológica no Brasil ser realizado, deve-se investir sobre a qualidade dos procedimentos realizados.

Também é apontado que a baixa incidência de exames de imagem na radiologia pode levar a problemas sérios. O principal deles é a proposta de tratamentos inadequados para os pacientes. Quando isso acontece, as chances de uma pessoa voltar a sentir dor ou desenvolver determinada doença aumentam.

Laudos online: o futuro da radiologia odontológica no Brasil

Radiografia panorâmica

Observando o panorama da radiologia odontológica no Brasil, não há dúvidas de que o setor ainda tem muito o que evoluir em nosso país. Para que isso aconteça, uma das principais tendências são os laudos online.

Hoje em dia não é mais necessário que os dentistas contratem radiologistas e pagar altos salários para oferecer esse serviço aos seus pacientes. Isso porque a atividade pode ser feita, em sua totalidade, à distância.

Veja, a seguir, alguns benefícios de investir em radiologia odontológica a distância.

Economia

Você não precisará pagar uma mensalidade fixa pra usar laudos online. As cobranças são feitas sob demanda, ou seja, você só paga por aquilo que usar.

Profissionais especializados

Os radiologistas que trabalham em empresas de telerradiologia, como a BR Laudos, são altamente qualificados. Os profissionais são formados na área de atuação, têm muito experiência e, a maioria deles, cursos de mestrado e doutorado.

Isso garante um serviço de qualidade, que pode ser um grande diferencial para a sua clínica.

Praticidade

As imagens são coletas na clínica, pelo dentista. Após isso ser feito, elas são enviadas para os radiologistas por meio de um sistema online.

Na sequência, os profissionais elaboram os laudos de forma imediata e os enviam novamente.

Segurança

A segurança é algo muito visado pelos dentistas. Afinal, no consultório são armazenados dados sigilosos do paciente. Os procedimentos realizados por uma pessoa, são algo que diz respeito somente a ela, por exemplo.

Com os sistemas de laudos online não se corre o risco de que essas informações sejam vazadas. A garantia disso está na criptografia, uma tecnologia que faz com que as informações estejam protegidas no software, sem correr o risco de que elas sejam vazadas ou acessadas por pessoas não autorizadas.

Investir em laudos online é dar um passo à frente e se diferenciar ao prestar um excelente serviço de radiologia odontológica. Por isso, aproveite e saia na frente da concorrência! Afinal, como mostra o estudo que apresentamos, a área ainda é deficitária em algumas localidades.

Para saber mais sobre os benefícios da telerradiologia, o convidamos a ler o nosso artigo que explica como funcionam os laudos online.

Leia também

Deixe uma resposta

Fechar Menu

Escolha qual sistema deseja acessar: