Radiografia odontológica: conheça os tipos mais comuns

A radiografia odontológica é uma ferramenta bastante usada por dentistas para que se possa obter imagens nítidas da arcada dentária e outras partes que envolvem a face do paciente.

Com o exame, é possível analisar a real situação de cada paciente e diagnosticar mais facilmente diferentes patologias. Dessa forma, os tratamentos mais adequados para cada situação podem ser realizados.

Existem diferentes tipos de radiografia odontológica e é sobre esse assunto que discutiremos nesse assunto. Confira!

Conheça os principais tipos de radiografia odontológica

O exame de radiografia odontológica funciona por meio de uma exposição controlada do paciente a uma explosão de radiação.

O material radioativo possibilita a identificação das estruturas orais, tais como os dentes, as gengivas, os maxilares e demais partes da boca.

O princípio é praticamente o mesmo em todas as situações. No entanto, é possível classificar a radiografia odontológica em diferentes tipos. Veja, a seguir, quais são eles!

Radiografia odontológica intraoral

A radiografia odontológica intraoral é o modelo mais usado na medicina dentária. Trata-se do exame em que é possível analisar a imagem interior da boca do paciente.

Por meio da radiografia intraoral, os dentistas conseguem identificar uma série de anomalias, tais como a cárie dentária.

Dentro dessa categoria existem algumas subclassificações. Na sequência, as apresentaremos. Acompanhe!

Radiografia periapical

Esse tipo de radiografia é usada para avaliar a anatomia, desde a coroa até o final da raiz dos dentes. Por meio dela, pode-se analisar de dois a três peças dentárias consecutivas.

Geralmente, a radiografia periapical é usada para detectar alterações na raiz e estrutura óssea. É o caso dos cistos, dos abcessos, das cáries e dos tumores.

Radiografia interproximal

A radiografia interproximal, por sua vez, é usada quando o dentista precisa analisar as arcadas dentárias superiores e inferiores do paciente.

Com essa radiografia, o dentista pode conferir o alinhamento, além de verificar a existência de cáries entre os dentes, o que é mais difícil de visualizar em uma consulta comum.

Também chamado de bitewing, esse exame ainda pode ser utilizado para determinar ajustes adequados de uma coroa ou restaurações. 

Radiografia oclusal

Também existe a radiografia oclusal. Nesse caso, o exame revela o desenvolvimento de dentes que não “nasceram” e ainda estão dentro das gengivas.

É ideal para analisar as raízes dos dentes e também verificar a localização de dentes do siso.

Radiografia odontológica extraoral

A outra grande categoria de radiografia odontológica é a extraoral. Nesse caso, o exame serve para detectar problemas dentários que exigem uma visualização sobre as áreas dos maxilares e do crânio.

A radiografia panorâmica, como também é conhecida, fornece ao dentista uma imagem panorâmica da arcada dentária do paciente, bem como suas regiões do maxilar e da mandíbula.

Na maioria dos casos, esse exame é solicitado para diagnóstico inicial e acompanhamento da evolução de tratamentos, como uso do aparelho ortodôntico para correção do alinhamento dos dentes.

Radiografia odontológica digital

radiografia-odontológica

Há ainda a radiografia odontológica digital. Esses exames são feitos usando a tecnologia e dispensam o uso do filme radiográfico

Além disso, a dose da radiação emitida é menor que no raio-X convencional. Isso faz com que esse tipo de exame seja menos prejudicial ao paciente e ao profissional de saúde que o realiza.

Vale lembrar que tanto a radiografia intraoral, quanto a extraoral já podem ser feitas de maneira digital. Assim sendo, as imagens coletadas são enviadas para um computador e não registradas em um filme que precisa ser revelado.

Uma das grandes vantagens da radiografia odontológica digital é uma ferramenta chamada subtração, que está presente na maioria dos softwares utilizados para coletar as imagens.

Com esse recurso, imagens são “subtraídas” uma da outra, restando apenas o que é diferente. Assim sendo, é possível acompanhar mais facilmente a evolução dos tratamentos, por exemplo.

A telerradiologia como opção para melhorar a radiografia odontológica

Os serviços de telerradiologia são muito interessantes para melhorar os serviços de radiografia odontológica em clínicas de dentistas ou de radiologia.

Isso porque a metodologia é totalmente digital, dispensando o uso do filme radiográfico. Além disso, as clínicas fazem economia, uma vez que não é necessário ter muitos radiologistas contratados.

O funcionamento é bastante simples! O profissional faz a coleta da imagem do paciente na clínica. Após isso, por meio de um software, a radiografia é enviada para a empresa de telerradiologia contratada.

Lá, radiologistas experientes elaboram o laudo dos exames e os enviam novamente pelo sistema. Tudo isso seguindo o padrão DICOM e a nova Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD).

O serviço de telerradiologia é considerado por muitos como o futuro da radiografia odontológica. As clínicas que o adotarem, estarão um passo à frente da concorrência.

Agora que conhece os principais tipos de radiografia odontológica e também a telerradiologia, já sabe que contar com esse serviço pode ser um grande diferencial para o seu negócio, não é mesmo?

Siga as nossas redes sociais para sempre acompanhar mais conteúdos interessantes para dentistas e radiologistas. Temos perfis no Instagram e no Facebook. Siga-os e confira todas as nossas novidades em primeira mão.

Leia também

Deixe uma resposta