O crescimento da telerradiologia na pandemia da Covid-19

A chegada inesperada da Covid-19 fez com que algo que já sabíamos ficasse ainda mais em evidência, a grande relevância que os profissionais da saúde têm para a sociedade. Os médicos, enfermeiros, dentistas e outros especialistas tiveram que se reinventar e o crescimento da telerradiologia na pandemia foi evidente.

O crescimento dos serviços de radiologia a distância ocorreu, principalmente, pelo fato do isolamento social, recomendado para que se pudesse ter um controle da disseminação do novo coronavírus.

Com esse serviço, as clínicas e consultórios odontológicos não precisam ter um radiologista trabalhando in loco para desenvolver os laudos dos exames dos pacientes, por exemplo.

A boa experiência tida durante a pandemia faz com que muitos estabelecimentos pensem em continuar usando essa tecnologia também quando a crise sanitária for superada. Siga conosco e saiba mais!

O crescimento da telerradiologia na pandemia e as tendências para o futuro

telerradiologia na pandemia

Uma reportagem publicada no jornal português Coimbra Diário repercutiu uma pesquisa sobre o uso da telerradiologia em todo o mundo. De acordo com o estudo, em 2020, o mercado manteve-se em alta, com uma taxa constante de crescimento, por conta da pandemia do novo coronavírus.

No entanto, o documento também aponta que há uma tendência de crescimento ainda maior nos próximos anos. A expectativa é que o mercado global de serviço de telerradiologia aumente de forma considerável entre 2020 e 2026.

Isso se justifica porque os consultórios médicos e odontológicos estão percebendo as vantagens que esse modelo oferece. Logo, para obter vantagem competitiva, investir em telerradiologia tem se mostrado uma alternativa bem interessante.

A legislação que regulamente a telerradiologia no Brasil

No Brasil, a telerradiologia é uma modalidade reconhecida e validada pela Resolução CFM nº 2.107/2014. A legislação define o processo como um suporte às atividades que são desenvolvidas localmente.

Isso porque, quando um consultório odontológico usa o serviço de telerradiologia, por exemplo, ele faz a coleta das imagens localmente e envia as imagens para os radiologistas, que fazem a análise e elaboram o laudo.

No entanto, de acordo com a normativa, o compartilhamento de dados deve seguir uma série de regras e padrões, para que se garanta a qualidade e o uso ético do serviço. Entre eles está o padrão DICOM e o uso de um sistema criptografado, ou seja, que é ciberneticamente protegido.

Inclusive, é importante que o sistema garanta total segurança às informações do paciente, para garantir que seja cumprida, em sua totalidade, a nova Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD).

Benefícios da telerradiologia para as clínicas odontológicas

O crescimento da telerradiologia na pandemia fez com que muitas clínicas odontológicas percebessem as vantagens que esse serviço proporciona. Por isso, elas pretendem continuar utilizando a radiologia a distância, mesmo quando já existir uma vacina para combater o novo coronavírus e a situação da saúde pública estar controlada.

Veja, a seguir, alguns dos principais benefícios que os dentistas tiveram ao usar a telerradiologia na pandemia e que justificam a tendência de crescimento do setor nos próximos anos.

Redução de custos

Uma das principais vantagens que a telerradiologia proporciona para as clínicas odontológicas é a redução de custos. Isso porque não é necessário contratar radiologistas e ter profissionais dessa área trabalhando no consultório.

De tal maneira, não é necessário pagar um salário fixo para um radiologista, tampouco direitos trabalhistas. O consultório também não fica desassistido em períodos de férias dos profissionais da radiologia.

Em um período de recuperação da economia, em que muitas clínicas odontológicas buscam alternativas para sair do vermelho, essa é uma modalidade interessante.

Vale lembrar que, ao contratar um serviço de telerradiologia, as entregas são sob demanda, ou seja, você paga apenas por aquilo que usar. Não é cobrada uma mensalidade do consultório!

Otimização do trabalho

Ao contratar um serviço de telerradiologia, as clínicas odontológicas agilizam a realização dos exames. Os exames são laudados rapidamente, até mesmo em casos de urgência e emergência.

O atendimento aos pacientes também se torna mais eficiente, tendo em vista que a agilidade proporciona um diagnóstico mais rápido e um tratamento mais rápido e adequado. 

Emissão de laudos em todo o território nacional

Um problema comum entre as clínicas odontológicas de cidades pequenas e mais afastadas dos grandes centros urbanos é a falta de radiologistas locais, que possam elaborar os laudos dos exames dos pacientes.

Com a telerradiologia isso deixa de ocorrer, tendo em vista que não há limitação ou fronteira geográfica para isso. 

Desde que tenha acesso à internet de qualidade, os dentistas de qualquer localidade podem enviar as imagens coletadas para os radiologistas, que farão a elaboração dos laudos para os dentistas.

Como você pode perceber, o crescimento da telerradiologia na pandemia, que começou por uma necessidade, fez com que muitos dentistas que não conheciam a modalidade percebessem uma série de benefícios do serviço. É por esse motivo que o uso deve seguir em alta também nos próximos anos.

Assim como os consultórios odontológicos que perceberam as vantagens da telerradiologia na pandemia, o seu também pode se beneficiar. O serviço é muito vantajoso e pode ajudar o seu estabelecimento a aumentar a lucratividade.

Gostou deste artigo? Nos acompanhe nas redes sociais e veja mais informações relevantes. Estamos no Facebook e no Instagram, sempre com novidades e dicas interessantes para o seu consultório odontológico.

Leia também

Deixe uma resposta