Método de Parma: conheça essa técnica de radiologia odontológica

Quem trabalha no campo da odontologia e da radiologia precisa conhecer sobre os diferentes métodos para fazer exames de raio-X nos pacientes. Entre as opções, está o método de Parma.

Ao conhecer melhor os métodos de localização da radiologia odontológica, o cirurgião-dentista terá mais condições para avaliar os seus pacientes e conquistar mais resultados positivos nos tratamentos.

São diversos os tipos de métodos que existem e se destacam, como a metodologia de Donovan, por exemplo.

Neste artigo, vamos nos dedicar a falar sobre o método de Parma, uma importante técnica da radiologia odontológica. Siga a leitura e confira!

O que é o método de Parma?

O método de Parma é uma técnica de radiologia odontológica que utiliza uma radiografia periapical com o filme inclinado, com sua borda disto-inferior próxima do assoalho bucal.

É importante que a borda seja dobrada, para que nenhum desconforto seja causado ao paciente.

método de parma

Em que casos o método de Parma é indicado?

Recomenda-se que os dentistas utilizem o método de Parma quando a técnica periapical convencional não conseguir localizar inteiramente o referido dente.

Para determinados tipos de diagnóstico, utilizar a técnica de Parma é bem interessante, tendo em vista que dá uma visão mais ampla para o dentista, sobre as providências que devem ser tomadas.

Como esse método funciona?

O método de Parma funciona da seguinte forma:

  • a posição da cabeça do paciente deve ficar em tragus auditivo, com a comissura labial paralela ao solo. Já a PSM deve ser perpendicular ao solo;
  • a localização do filme deve ser inclinada, de modo que o seu maior eixo fique em ângulo com o plano oclusal;
  • a retenção do filme deve ser feita com o paciente colocando o dedo indicador no lado oposto ao que será radiografado;
  • no que se refere à direção dos raios-X, deve-se lançá-los a 1 cm acima da borda da mandíbula e 1 cm atrás da intersecção da linha baixa da comissura palpebral externa.

Quais são as vantagens e desvantagens da metodologia de Parma?

A principal vantagem da metodologia de Parma é que a técnica permite a localização de dentes, como o terceiro molar, que não são facilmente localizados ao realizar a radiografia convencional.

Como desvantagem está o possível desconforto que a posição e a colocação do filme podem causar para o paciente.

Como a telerradiologia pode ajudar na execução da técnica de Parma?

Assim como acontece com outras técnicas de localização, a telerradiologia pode ajudar bastante no desenvolvimento do método de Parma. Isso porque o serviço é prático, barato e simples de ser contratado pelos consultórios de dentistas e clínicas de radiologia.

Vale lembrar que a telerradiologia ganha cada vez mais adeptos, estando em grande crescimento no Brasil. Isso porque a elaboração de laudos de exames a distância traz praticidade para os profissionais e seus pacientes.

As vantagens da radiologia a distância são muitas, de modo que ficará mais fácil laudar os exames realizados utilizando não apenas o método de Parma, mas também qualquer outra técnica de localização. Veja mais informações!

Benefícios da elaboração de laudos a distância

Para que você saiba mais sobre como a elaboração de laudos a distância pode ser útil para o uso do método de Parma, é interessante conhecer as vantagens dessa atividade. Veja, na sequência, algumas delas!

Redução de custos

Ao trabalhar com a telerradiologia, as clínicas têm uma grande redução de custos. Isso porque não será mais necessário pagar altos salários a radiologistas, quando não há uma grande demanda de trabalho.

Os preços pagos para as empresas de telerradiologia são por demanda. Ou seja, se você não solicitar nenhum laudo de exame em determinado período, não precisará pagar nada.

É bem diferente do que ocorre quando você contrata um radiologista e precisa pagar por férias e direitos trabalhistas, por exemplo.

Atendimento em períodos de férias e feriados

As pessoas não escolhem data para ter dor de dente! Por isso, é importante que os consultórios odontológicos e as clínicas de radiologia sigam operando, em esquema de plantão, em épocas de férias ou feriados prolongados, como o Carnaval.

Como o serviço de telerradiologia não para, você poderá solicitar os laudos dos exames de seus pacientes até mesmo em feriados e épocas de férias. Isso sem ter que gastar uma fortuna pagando horas extras para os radiologistas.

Segurança da informação

Com o surgimento da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), as empresas de radiologia e clínicas odontológicas passaram a se preocupar muito mais com segurança da informação.

Ao contar com a telerradiologia fica mais fácil de garantir a segurança dos dados dos pacientes. Isso porque os sistemas usados são criptografados, ou seja, têm uma camada de proteção que evita o vazamento de informações.

Dessa forma, dados sigilosos, como o nome do paciente e resultados de seus exames não são acessados por ninguém que não seja autorizado para isso. Somente os profissionais envolvidos terão acesso a essas informações.

Agora você já conhece mais sobre o método de Parma e como ele pode ser utilizado em seus pacientes. Também já sabe que a telerradiologia pode contribuir muito para agilizar as suas atividades e garantir um melhor atendimento aos seus pacientes.

Continue aprendendo sobre técnicas de localização radiográficas! Leia agora o nosso artigo que apresenta o método de Miller & Winter.

Leia também

Deixe uma resposta